[]TURBULÊNCIA[]

de Sandra-X


composições e eletrônicos
Sandra-X com colaboração de Felipe Julián

produção musical e mixagem
Felipe Julián

masterização
Felipe Tichauer

site
Papá Fraga

ERGUER-SE
poema do livro Carta aos Anfíbios de Ricardo Domeneck vídeo de Papá Fraga com performances de Anna Zêpa, Beatriz Cruz, Hideo Kushiyama, Luisa Hokema, Monica Lopes, Pedro Galiza, Sandra-X, Tatiana Rodrigues Ribeiro, Vânia Medeiros

CAI QUE EU TE CUIDO
texto de Rosane Preciosa, do livro Rumores Discretos da Subjetividade

EM DERIVA
abre com poema Do Espanto do livro O Sonhador Insone de Sergio Cohn e segue com textos de Sandra-X imagem de Felipe Julián Mar Sólido

ELE DESENHOU
texto e vídeo de Vânia Medeiros

TRAMPOLIM
abre com poema de Claudia Schapira Acordei com um Mar e segue com o texto Trampolim de Marion Hesser vídeo de Felipe Julián

EIXO ONDULANTE
texto de Sandra-X foto de Papá Fraga (coletivo teatro dodecafônico – Beatriz Cuz, Hideo Kshiyama, Monica Lopes e Luisa Hokema - atos íntimos contra o embrutecimento na Virada Cultural 2015)

DOU LINHA
texto de Sandra-X
foto de Papá Fraga

UM LUGAR CHAMADO CIDADE
texto de Pedro Galiza, gerado por procedimento de escrita automática na Deriva 24hs realizada pelo coletivo teatro dodecafônico, com algumas frases de Sandra-X e Monica Lopes foto de Papá Fraga (coletivo teatro dodecafônico – Beatriz Cruz, Pedro Galiza e Sandra-X – elástico invisível)

audiovisual e eletrônicos ao vivo
Felipe Julián

realização
Sec. de Cultura Gov. do Estado de SP ProAC 2015 Circus Produções

arte gráfica e capa
Vânia Medeiros

fanzine artesanal
Vânia Medeiros

assessoria de comunicação
Sur.Bê

distribuição
Selo Circus

agradecimentos:
aos parceiros estruturais Felipe Julián, Papá Fraga e Vânia Medeiros; a todo os autores dos textos presentes nas composições; ao Caco Pontes e seu projeto Baião de Spokens; ao Selo Circus e à Comunicação Sur.Bê, aos performers do Coletivo Teatro Dodecafônico, especialmente Beatriz Cruz e Verônica Veloso.
Realização